Sobe para 27 número de mortos em minas da Ucrânia

Subiu para 27 o número de mineiros mortos em acidentes ocorridos ontem em duas minas no leste da Ucrânia, informaram hoje equipes de resgate. Outros dez trabalhadores continuam desaparecidos. Uma explosão na mina Suhodilska, na região de Luhansk, matou 20 trabalhadores. Uma das causas do acidente pode ter sido o acúmulo de gás metano. A explosão aconteceu pouco antes das 2h de ontem, a uma profundidade de 915 metros, quando os mineiros estavam trabalhando no turno noturno.

AE, Agência Estado

30 de julho de 2011 | 13h39

O segundo acidente aconteceu horas depois em outra mina, também no leste do país. Um elevador usado para transportar mineiros e equipamentos na mina de Bazhanova, na região de Donetsk, caiu, matando pelo menos sete trabalhadores.

Os acidentes nas regiões mineradoras do leste chocaram o país e evidenciam os perigos da indústria mineradora ucraniana, considerada uma das mais perigosas do mundo por causa de equipamentos obsoletos e desrespeito às regras de segurança. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaminasacidentesmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.