Sobe para 283 o número de mortos em incêndio no Paraguai

Subiu para pelo menos 283 o número de mortos no incêndio que atingiu o supermercado Ycuá Bolaños, em Assunção (Paraguai), neste domingo. Ao menos outras 300 pessoas, entre clientes e funcionários, ficaram feridas.O fogo teria começado por volta das 12h30, com uma explosão de gás em uma cozinha da área de restaurantes do supermercado, e se alastrou por todo o prédio. Segundo testemunhas, seguranças fecharam as portas do estabelecimento para que ninguém saísse sem pagar, agravando ainda mais a tragédia.O empresário Juan Paiva e o filho Daniel, donos da rede de supermercados, foram detidos sob as acusações de homicídio culposo e omissão de socorro e encaminhados para o departamento de investigações da polícia de Assunção, onde seriam interrogados. Em declarações à imprensa, Juan Paiva garantiu não ser verdadeira a informação de que as portas do supermercado foram fechadas após o início do incêndio.O presidente do Paraguai, Nicanor Duarte, declarou luto de três dias e agradeceu a solidariedade de países vizinhos. Argentina, Brasil, Uruguai, Chile e Colômbia ofereceram profissionais e medicamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.