Sobe para 29 o número de mortos em atentado no Paquistão

Subiu para 29 o número de mortos no atentado suicida cometido no sábado, 28, na cidade paquistanesa de Charsada, segundo os últimos dados divulgados neste domingo, pelo canal Geo TV, enquanto uma equipe especial investiga a autoria do ataque.Entre as vítimas há diversos membros da equipe de segurança do titular do Interior, Aftab Ahmed Khan Sherpao, levemente ferido na explosão, que deixou também aproximadamente 30 feridos.De acordo com a Geo TV, o ministro assistiu hoje às honras fúnebres dos falecidos no ataque, cometido durante um ato público que reunira uma multidão em Charsada, na província da Fronteira do Noroeste, vizinha ao Afeganistão.O terrorista suicida, que vestia um colete com explosivos, abriu passagem entre a multidão e detonou sua carga quando estava a três metros do ministro, segundo os investigadores."Foi um milagre. Não sei como sobrevivi", afirmou à imprensa local o titular de Interior, que ficou com ferimentos nas pernas.Segundo a equipe de investigação, o suicida era um homem de cerca de 30 anos, que utilizou explosivos de fabricação russa.A investigação apontou ainda que o ataque tem algumas características comuns com outros atentados suicidas perpetrados anteriormente nas cidades de Islamabad, Peshawar, Tank e Dera Ismail Khan.Os ataques suicidas deixaram cerca de 50 mortos em diferentes áreas do Paquistão neste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.