Reuters
Reuters

Sobe para 31 número de mortos em acidente aéreo da TransAsia

Aeronave caiu no Rio Jilong da cidade de Taipé com 58 pessoas a bordo; trata-se do segundo acidente envolvendo a companhia taiwanesa em menos de um ano 

O Estado de S. Paulo

04 de fevereiro de 2015 | 07h53

(Atualizada às 15h26) O número de pessoas que morreram no queda do avião da companhia aérea TransAsia em Taiwan subiu para ao menos 31. A aeronave caiu no Rio Jilong, na cidade de Taipé, capital taiwanesa, na madrugada desta quarta-feira, 4. Ao todo, 58 estavam a bordo, sendo 5 tripulantes.

A companhia informou que 15 pessoas ficaram feridas. O número de mortos pode aumentar. A aeronave, modelo ATR-72, saiu do aeroporto de Taipé às 10h30 do horário local e tinha como destino a Ilha de Kinmen, de acordo com informações de uma emissora de televisão local.

O avião caiu após realizar uma manobra brusca e atingir um viaduto, por razões ainda desconhecidas. Algumas fotografias e um vídeo feitos por testemunhas do acidente começaram a circular na internet e mostram o avião realizando uma manobra muito brusca sobre o viaduto antes de cair no rio. Nesta queda, o avião tocou em um táxi com a ponta da asa esquerda antes de se chocar contra a água.

"Nunca vi nada assim. Isso é inédito", disse um voluntário da equipe de resgate de sobrenome Chen sobre o mais recente em uma série de acidentes aéreos envolvendo companhias asiáticas nos últimos 12 meses.

Imagens de televisão mostraram sobreviventes usando coletes salva-vidas e nadando em meios aos destroços da aeronave. Outros, incluindo crianças pequenas, foram tirados da água pelas equipes de resgate.As equipes de emergência transferiram os feridos para quatro hospitais próximos ao local, enquanto os trabalhos de resgate continuam. Dentre os passageiros, estava um grupo de 31 turistas da China continental, da província de Fujian, segundo a agência oficial chinesa Xinhua.

O avião, um bimotor turboélice ATR-72 de fabricação franco-italiana, tinha menos de um ano de uso e passou por sua última revisão no dia 26, segundo um representante da Autoridade de Aviação Civil da ilha.

Trata-se do segundo acidente envolvendo a companhia aérea taiwanesa TransAsia em menos de um ano, depois que 48 pessoas morreram em julho na queda de um avião do mesmo modelo. Naquela ocasião, a aeronave se acidentou quando precisou realizar um pouso de emergência nas Ilhas Penghu em razão das más condições atmosféricas ocasionadas pela passagem do tufão Matmo. / EFE e REUTERS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.