REUTERS/Sertac Kayar
REUTERS/Sertac Kayar

Sobe para 31 número de mortos em terremoto na Turquia

Agentes de resgate seguem em busca de sobreviventes

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2020 | 06h05

TURQUIA - Pelo menos 31 pessoas morreram e 1.607 ficaram feridas no poderoso terremoto que atingiu as províncias de Elazig e Malatya no leste da Turquia na sexta-feira, 24, de acordo com um novo balanço divulgado neste domingo, 26, pela agência presidencial de emergência e catástrofe (AFAD). 

O terremoto de magnitude 6,7, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), cujo epicentro estava na província de Elazig, ocorreu às 17h55 (horário de Brasília) na sexta-feira. Os agentes de resgate continuam a procurar possíveis vítimas no meio dos escombros no centro da cidade de Elazig, capital da província homônima, disse a AFAD.

Desde sexta-feira, eles conseguiram salvar as vidas de 45 pessoas que estavam presas em prédios desabados, disse a AFAD. O terremoto destruiu 80 edifícios em Elazig e Malatya e outras 645 casas sofreram danos significativos, disse a fonte. /AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.