Sobe para 343 total de mortos por tsunami na Indonésia

O número de mortos pelo terremoto e pelo tsunami que atingiram o oeste da Indonésia subiu para 343 nesta quinta-feira. Há ainda outras 338 pessoas desaparecidas, segundo Ferry Faisal do gerenciamento da resposta a desastres da província de Sumatra Ocidental.

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2010 | 08h50

Vilas inteiras foram varridas e casas foram destruídas por ondas causadas por um terremoto de magnitude 7,7 que, na noite de segunda-feira, atingiu a costa oeste da ilha de Sumatra, em uma região de falhas geológicas conhecidas como Círculo de Fogo do Pacífico.

A centenas de quilômetros de distância, na ilha de Java, centro do país, mais 25 pessoas morreram até a contagem de ontem, quando o vulcão mais ativo da Indonésia, o Monte Merapi, entrou em erupção, lançando gás e lava para o céu. Funcionários disseram que quase 29 mil pessoas deixaram suas casas e foram para abrigos temporários nas proximidades da cidade próxima de Yogyakarta, mas existe o temor sobre o destino dos milhares que se recusaram a deixar suas residências.

Mais de 130 vulcões estão ativos na Indonésia, país formado por 17.500 ilhas e suscetível a erupções e terremotos por estar localizado no chamado "Círculo do Fogo", uma série de falhas geológicas que se estendem do hemisfério oeste pelo Japão e sudoeste asiático. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.