Sobe para 359 número de mortos em naufrágio em Lampedusa

Mais 20 corpos foram resgatados e apenas 4 estão desaparecidos

12 de outubro de 2013 | 20h31

Com a localização neste sábado de mais 20 corpos, subiu para 359 o número de imigrantes ilegais que morreram no dia 3 no naufrágio perto da ilha italiana de Lampedusa. Algumas das vítimas foram trasladadas neste sábado para a cidade de Agrigento, na Sicília, para serem enterradas em vários povoados sicilianos.

Alguns parentes dos mortos pediram seus traslados para seus países de origem, mas ainda não se sabe se isso será possível.

À Ilha de Lampedusa chegaram nos últimos dias, procedentes de várias cidades italianas, mas também de outros países europeus, dezenas de somalis e eritreus em busca de informações sobre seus parentes ao saber do naufrágio.

Também chegaram à pequena ilha os corpos de 34 vítimas do naufrágio de sexta-feira nas águas territoriais de Malta.

As operações de busca do naufrágio do dia 3 foram praticamente concluídas, já que, segundo os sobreviventes, havia 518 pessoas a bordo do pesqueiro que afundou. Entre elas, 155 conseguiram se salvar, 359 morreram e falta localizar os corpos de 4 pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágioLampedusaItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.