Sobe para 38 o número de mortos em explosão na Sibéria

Subiu para 38 o número de mortos encontrados sob os escombros da explosão, na manhã deste sábado, em uma mina de carvão de Taizhina, na Sibéria. Oito mineiros foram resgatados com vida. Quatro deles estavam feridos e destes, dois foram hospitalizados com queimaduras. Outros oito continuam desaparecidos. As equipes de resgate russas ainda têm esperanças de encontrar sobreviventes.Na hora do acidente, 54 trabalhadores estavam no local. As autoridades acreditam que a explosão, provocada pela alta concentração de gás metano, ocorreu a 560 metros da superfície. Os desmoronamentos causam dificuldades às equipes de socorro.Os acidentes em minas de carvão são muito comuns na Rússia. Em junho de 2002, uma explosão provocada pela combustão de metano causou a morte de 12 mineiros em um mina da região de Kemerovo. Em janeiro deste ano, outros cinco trabalhadores morreram em um acidente em uma mina da mesma região. Em setembro de 2002, um trabalhador morreu em Taizhina, no desabamento de um túnel de ventilação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.