Sobe para 38 total de mortos por bactéria na Alemanha

O número de mortes em decorrência do surto de uma cepa virulenta da bactéria Escherichia coli (E.coli) subiu para 38, após a morte de um idoso na Alemanha, segundo informaram hoje autoridades locais. O Instituto Robert Koch, centro nacional de saúde da Alemanha, informou hoje que o número de novas infecções caiu significativamente na semana passada, ainda que o de mortos continue subindo.

GABRIELA MELLO, Agência Estado

15 de junho de 2011 | 13h07

A Organização Mundial de Saúde (OMS) relatou mais de 3.300 casos de pessoas que adoeceram por causa da bactéria em 16 países. Ontem, um bebê alemão de 2 anos se tornou a primeira criança a morrer no surto de E.coli. Quase todas as mortes, exceto uma, ocorreram na Alemanha. A outra vítima foi uma mulher na Suécia, que recentemente havia retornado de uma viagem ao território alemão.

Autoridades alemãs disseram na sexta-feira que identificaram os brotos de vegetais como a origem do surto da bactéria e retiraram o alerta contra o consumo de alface, tomates e pepinos in natura. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bactériaEcolimortesAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.