Sobe para 48 total de mortes provocadas pela bactéria E.coli

Desse número, somente uma das mortes aconteceu na Suécia enquanto todas as outras foram na Alemanha

Filipe Domingues, Agência Estado

28 de junho de 2011 | 13h52

BERLIM - O número de pessoas mortas por causa do surto da bactéria Escherichia coli (E.coli) na Europa aumentou para 48 hoje, segundo autoridades de saúde do continente. Apenas uma das mortes ocorreu na Suécia e todas as outras foram na Alemanha.

De acordo com o Instituto Robert Koch, na Alemanha a bactéria já deixou 3.901 pessoas doentes, sendo que 838 estão em estado grave. Já a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou ontem em seu site que 3.043 pessoas ficaram doentes em 16 países. O estado de 877 delas é grave, com insuficiência renal e síndrome urêmica hemolítica (HUS). A OMS também anunciou que uma mulher que havia viajado para a Alemanha morreu de HUS no Arizona, Estados Unidos. Mas ainda não foi confirmado se o tipo de E.coli é o mesmo.

Não estão inclusos nos números oito casos de E.coli relatados na França na semana passada, três dos quais causados por um outro tipo da bactéria, de modo que este surto é analisado separadamente, segundo a OMS. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
E.colimortesEuropasurto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.