Sobe para 64 total de mortes por gripe suína no México

O México confirmou hoje que 64 pessoas morreram pela influenza A (H1N1), a gripe suína, no país. No balanço de ontem, o governo mexicano contabilizava 60 mortes. O ministro da Saúde do México, José Angel Córdova, disse hoje que já foram confirmados 2.592 casos da doença no país.

AE-AP, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 11h30

Ontem, segundo o ministro da Saúde, havia 2.282 ocorrências pelo país. Segundo Córdova, o índice de mortalidade da doença caiu para 2,4%. O último balanço indicava 2,5% de letalidade. O ministro disse que até o momento foram analisadas 9.600 mostras de pacientes com suspeitas da doença.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaMéxicomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.