Sobe para 7 total de mortos em protestos no Bahrein

Um manifestante xiita, que levou um tiro na cabeça durante a repressão aos protestos no Bahrein no fim da semana passada, morreu hoje, segundo informou um membro da oposição. Com mais essa vítima, subiu para sete o número de manifestantes mortos durante os protestos contra o regime, iniciados na semana passada, segundo um balanço da France Presse baseado em relatos de parentes de vítimas e representantes da oposição.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2011 | 11h29

Redha Mohammed morreu em um clínica, após ser ferido por militares durante um protesto na sexta-feira, disse Abdel Jalil Khalil Ibrahim, chefe do grupo parlamentar oposicionista INAA. A Praça Pérola é o epicentro dos protestos contra o regime. O Bahrein é de maioria xiita, mas comandado por uma dinastia sunita. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Bahreinprotestosmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.