Sobe para 700 o número de soldados aliados mortos no Iraque

Um total de 700 soldados estrangeiros morreu no Iraque desde o início da invasão do país árabe liderada pelos Estados Unidos. A morte de dois fuzileiros navais naprovíncia de Ambar anunciadas hoje elevaram para 600 onúmero de baixas entre os americanos. Em 2 de abril, a página do Departamento de Defesa dos EUA nainternet indicava que o total de mortos era de 598. Os outros cem estrangeiros mortos incluem 58 soldadosbritânicos, 17 italianos, oito espanhóis, cinco búlgaros, quatrosalvadorenhos, três ucranianos, dois tailandeses, um dinamarquês, um estoniano e um polonês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.