Sobe para 76 número de mortos na Nova Zelândia

Subiu de 75 para 76 o número de mortos no forte terremoto que ontem sacudiu a cidade neozelandesa de Christchurch, informou a polícia local nesta quarta-feira. À medida que avançam as operações de resgate, 238 pessoas continuam desaparecidas.

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2011 | 22h01

Dave Cliff, superintendente de polícia de Christchurch, disse durante entrevista coletiva concedida na quinta-feira (24, pela hora local) que 76 corpos estão abrigados em um necrotério improvisado na cidade, a segunda maior da Nova Zelândia.

Apesar de apenas um corpo ter sido encontrado de ontem para hoje, Cliff observou que o número de mortos ainda deve aumentar à medida que as equipes de resgate removeram os escombros de milhares de edificações destruídas pelo terremoto de magnitude 6,3 ocorrido no início da tarde de terça-feira.

Ao mesmo tempo, observou o superintendente, é prudente não considerar que todas as pessoas ainda desaparecidas sejam consideradas mortas, uma vez que ainda restam muitos prédios e casas a serem vasculhados. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nova Zelândiaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.