EFE/EPA/ROMEDOR GLORIANE
EFE/EPA/ROMEDOR GLORIANE

Sobe para 85 o número de mortos pela tempestade Usman nas Filipinas

Conselho Nacional de Gestão de Redução de Riscos de Desastres das Filipinas situou o número de deslocados em 191.597 pessoas e em 40 os feridos

EFE, O Estado de S.Paulo

02 Janeiro 2019 | 02h29

Pelo menos 85 pessoas morreram e outras 20 permanecem desaparecidas por conta das inundações, deslizamentos de terra e outras catástrofes causadas pela tempestade Usman em sua passagem pelas Filipinas, informaram nesta quarta-feira as fontes oficiais.

O Conselho Nacional de Gestão de Redução de Riscos de Desastres das Filipinas (NDRRMC, sigla em inglês), o órgão filipino que coordena as informações durante os desastres, situou o número de deslocados em 191.597 pessoas e em 40 os feridos. 

'Do total de afetados, apenas 24.894 filipinos foram atendidos em centros de acolhimento instalados nas regiões central e norte do país, as mais afetadas.

O número de vítimas "está pendente de verificação", alertou a NDRRMC em sua última declaração.

As autoridades locais declararam o estado de calamidade em Camarins do Sul, uma província da região de Bicol, e que conta com uma população de quase 2 milhões de habitantes. A medida agilizará o desembolso de fundos para atender pessoas afetadas e reparar danos à rede de infraestrutura. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.