Sobe para 95 pessoas desaparecidas em naufrágio de barco em Tonga

Os serviços de resgate, compostos por navios de Tonga e navios enviados pela Nova Zelândia e Austrália, encontraram, desde que iniciaram a tarefa, dois cadáveres e 54 sobreviventes do naufrágio

EFE

09 de agosto de 2009 | 01h12

A Polícia de Tonga elevou neste domingo para 95 as pessoas desaparecidas desde quinta-feira por causa do naufrágio do barco no qual viajavam para a ilha vizinha de Ha'afeva, no sul do Pacífico.

 

O chefe da Polícia, Chris Kelley, disse à rádio Nova Zelândia que as últimas indagações sobre o número de pessoas que iam na embarcação apontam para que havia 149 pessoas a bordo.

 

Os serviços de resgate, compostos por navios de Tonga e navios enviados pela Nova Zelândia e Austrália, encontraram, desde que iniciaram a tarefa, dois cadáveres e 54 sobreviventes do naufrágio.

 

Até sábado, o número de desaparecidos era de 86. Até o momento, as causas do naufrágio do barco - construído no Japão em 1970 e recentemente adquirido por Tonga para cobrir a rota entre Nuku'aloa e Ha'afeva de forma temporária - são desconhecidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.