Sobe para três número de mortos em tiroteio na Ucrânia

Ao menos três pessoas morreram durante o tiroteio em um posto criado por insurgentes pró-russos no leste do território ucraniano. A identidade dos autores do ataque segue incerta. A Rússia culpa militantes nacionalistas ucranianos e o governo da Ucrânia disse que o ataque foi promovido por pessoas de fora do país.

Agência Estado

20 de abril de 2014 | 13h13

O confronto armado é o primeiro desde que foi assinado um acordo internacional em Genebra, na quinta-feira, para aliviar tensões no leste da Ucrânia, onde manifestantes pró-Russia tomaram prédios do governo em pelo menos dez cidades. A Ucrânia, assim como muitos no Ocidente, teme que confrontos gerem um pretexto para a Rússia tomar outras partes do território ucraniano depois da anexação da Crimeia no mês passado.

O ministério do Interior da Ucrânia na região de Donetsk divulgou um comunicado dizendo que três pessoas morreram no ataque e que três outros foram feridos. O comunicado informou ainda que alguns dos autores dos ataques foram mortos ou feridos, mas não se sabe quantos eles eram. Já a imprensa estatal russa disse que foram cinco mortos, incluindo três ativistas pró-Rússia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniatiroteioatualiza 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.