Sobem para 289 os mortos em terremoto na Itália

O número de mortos pelo terremoto que castigou na madrugada de segunda-feira o centro da Itália chegou a 289, segundo os últimos dados oficiais. O número de vítimas fatais subiu após o resgate de dois corpos que estavam nos escombros de um dos prédios do centro da localidade de L''Aquila, uma das mais castigadas pelo terremoto. Segundo a Polícia local, trata-se de uma mulher, de 53 anos, e de sua filha, de 18.

AE-AP, Agencia Estado

10 de abril de 2009 | 06h16

A Itália se prepara hoje - em uma jornada de luto nacional - para realizar os funerais de Estado das vítimas do terremoto, enquanto na noite passada foram registrados novos movimentos telúricos na região. Os funerais de Estado acontecerão hoje às 11h locais (6h de Brasília), e várias autoridades assistirão ao ato, como o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, e o presidente da República, Giorgio Napolitano.

Enquanto isso, às 5h22 locais (0h22 de Brasília) a terra voltou a tremer na região de Abruzos por causa de uma réplica que alcançou os 3,7 graus de magnitude na escala Richter. Na noite passada foi registrado outro movimento telúrico, por volta das 21h30 locais (16h30 de Brasília), de 4,9 graus, que também foi sentido em Roma.

Tudo o que sabemos sobre:
terremotoItáliamortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.