Sobem para três os mortos em jornada eleitoral

Um policial foi linchado até a morte hoje no Haiti depois que matou a tiros uma pessoa durante uma confusão na entrada de um centro de votação, o que eleva para três os mortos durante a jornada eleitoral. O tumulto ocorreu na localidade de Gros-Morne, no norte do Haiti, informou a Rádio Metropol.Segundo a rádio, o policial foi perseguido e agredido até a morte depois de atirar e matar uma pessoa na entrada de uma seção eleitoral. Antes, outra pessoa morreu e várias ficaram feridas em Porto Príncipe, também em tumultos em seções eleitorais. Erilien Pierre, de 76 anos, morreu asfixiado ao ser atropelado por milhares de pessoas que desordenadamente tentavam entrar no centro de votação de Jaquet, no bairro de Petion-Ville, em Porto Príncipe, confirmaram as autoridades. No centro de votação de Circulación, nas proximidades de Cite Soléil, várias pessoas ficaram feridas em tumultos semelhantes.Fora esses dois casos, as eleições transcorreram sem maiores incidentes. Ouça ao lado relato do enviado especial do Estado no Haiti, José Maria Mayrink.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.