Sobreviventes aparecem 2 dias depois de queda de avião

Dois depois de terem sido considerados mortos na queda de um avião, dois guardas florestais saíram da selva, surpreendendo seus familiares e intrigando as equipes de resgate que ainda reviravam os destroços do aparelho. Jodee Hogg, de 23 anos, e Matthew Ramige, de 29, foram avistados na quarta-feira no acostamento de uma estrada, quase 48 horas depois da queda que causou a morte de outras três pessoas, disseram autoridades locais. "Você não pode imaginar como foi sublime", declarou Jim Hogg, pai de Jodee. Jodee Hogg estava internado em condições estáveis de saúde nesta quinta-feira. Ramige, por sua vez, está condições críticas na unidade de terapia intensiva de um hospital de Montana, no norte dos Estados Unidos. Os dois viajavam num avião monomotor da guarda florestal que deixou Kalispell na segunda-feira. O aparelho caiu depois de 15 minutos de vôo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.