Sobreviventes de sismo exigem mais assistência

Centenas de sobreviventes do terremoto que matou mais de 200 pessoas no sudoeste da China fizeram uma passeata ontem, exigindo mais assistência na região e ofendendo a polícia. A China destinou 1 bilhão de iuanes (mais de US$ 160 milhões) para a Província de Sichuan depois do tremor ocorrido no sábado e enviou cerca de 18 mil soldados para a região. O sismo deixou mais de 11 mil feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.