Sobreviventes narram tragédia de Rhode Island

A banda de rock Great White tocava sua primeira canção no palco da casa noturna The Station, acompanhada de um show de fogos de artifício, quando começou o incêndio que matou 54 pessoas esta madrugada em West Warwick, a 24 quilômetros de Providence. No começo, muitos dos espectadores não se deram conta do incêndio. Mas, em questão de minutos, todo o local estava em chamas. ?As pessoas tentavam se ajudar, alguns pulavam pelas janelas, outros tentavam retirar os feridos. Ninguém pensava se estava machucado ou não. Só queriam sair do prédio?, disse o cinegrafista Brian Butler, da WPRI-TV, que fazia algumas filmagens dentro da casa noturna. Ele conseguiu sair pela porta de trás do estabelecimento.?As pessoas pulavam umas sobre as outras, suas roupas estavam em chamas?, contou Michelle Malardo, de 35 anos. Segundo ela, as pessoas se pisoteavam tentando sair pela porta principal. ?Havia tanta gente tentando sair, que a única coisa que conseguiam eram obstruir a passagem?, contou. Ela conseguiu sair ilesa do incêndio, mas seu irmão Eric sofreu queimaduras e está em tratamento no hospital de Providence.Sandy Lyons, de 31 anos, foi uma das primeiras a sair da casa noturna. ?As pessoas estavam muito nervosas. Só pensavam em procurar seus amigos. Era um caos total.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.