Sobrinho de Micheletti é assassinado, diz jornal

Enzo Micheletti, um sobrinho do líder do governo de facto de Honduras, Roberto Micheletti, foi assassinado, informou hoje a Polícia Nacional, segundo o site do jornal "La Tribuna". Enzo estava desaparecido havia alguns dias. O corpo dele foi encontrado ontem ao lado de outro não identificado, perto de Choloma, no norte do país. Enzo, de 24 anos, era filho de Antonio, um irmão já falecido do líder do governo de facto.

AE, Agencia Estado

26 de outubro de 2009 | 14h31

Em outro episódio, o coronel Concepción Jiménez foi morto ontem à noite, ao ser atacado a tiros em frente a casa dele em Tegucigalpa, informou a polícia. De acordo com um porta-voz da corporação, os dois casos são considerados "um assunto de violência comum". No entanto, ele ressaltou que "as investigações abarcam todos os aspectos necessários".

Roberto Micheletti era presidente do Congresso, mas assumiu a presidência do país desde o golpe militar que derrubou Manuel Zelaya em 28 de junho. Zelaya voltou a Honduras em 21 de setembro e, desde então, está abrigado na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa. Os dois lados divergem sobre como solucionar a crise política. Zelaya exige retornar ao cargo antes das eleições presidenciais de 29 de novembro, mas o grupo de Micheletti resiste nesse ponto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.