Social-democrata Colom vence general nas eleições na Guatemala

O social-democrata AlvaroColom será o próximo presidente da Guatemala, após ganhar aseleições de domingo com promessas de acabar com a pobreza evirar a página da violenta história do país. "Essa é uma nova página para a Guatemala, estou muitoagradecido a Guatemala por esta confiança", disse Colom. Os dados do tribunal eleitoral lhe davam vitória de 5,36pontos percentuais sobre seu rival de direita, general OttoPerez Molina, com 95,63 por cento das urnas apuradas. "Depois de tomar posse começaremos a trabalhar em um planode esperança que vamos anunciar em uma entrevista coletiva",acrescentou. Colom, do partido Unidade Nacional da Esperança (UNE),disse que os presidentes da Nicarágua, Daniel Ortega, e doPanamá, Martín Torrijos, o parabenizaram pela vitória portelefone. Colom, um ex-empresário que também foi vice-ministro deEconomia, sucederá o liberal Oscar Berger por um período dequatro anos. O presidente eleito prometeu combater a pobreza que afetametade dos 13 milhões de guatemaltecos, especialmente apopulação indígena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.