Socialistas vencem eleições gregas, indica boca-de-urna

A oposição socialista da Grécia, ou Partido Pasok, venceu as eleições deste domingo, indica a boca-de-urna. De acordo com pesquisa veiculada pela televisão estatal grega, o Pasok assegurou entre 41% e 44% dos votos, conquistando uma maioria parlamentar entre 151 e 159 cadeiras no Parlamento grego de 300 cadeiras.

AE-AP, Agencia Estado

04 de outubro de 2009 | 13h51

O governista Partido da Nova Democracia, do primeiro-ministro Kostas Karamanlis, que está no poder desde 2004, conquistou entre 34,3% e 37,3% dos sufrágios, segundo a boca-de-urna.

Os resultados refletem as expectativas pela vitória do Pasok, após os eleitores terem se afastado do cada vez mais impopular governo da Nova Democracia, envolvido em escândalos de corrupção e em políticas econômicas impopulares. As urnas foram fechadas às 13h do horário de Brasília (19h locais).

A economia da Grécia, que cresceu durante vários anos, deverá se contrair em 2009. O líder da oposição, George Papandreu, de 57 anos, diz que um pacote de estímulo econômico de 3 bilhões de euros é necessário para tirar a economia grega da recessão, criar empregos e aumentar salários e aposentadorias. Com informações da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.