Socialistas vencem eleições parlamentares na Hungria

O Partido Socialista da Hungria (MSZP), do primeiro-ministro, Ferenc Gyurcsany, venceu as eleições legislativas realizadas no domingo e em 9 de abril e obteve 190 das 386 cadeiras parlamentares, tornando-se o primeiro governo reeleito na Hungria desde a queda do comunismo em 1990. Com a apuração de 98,26% dos votos, a atual coalizão do governo obteve o total de 210 cadeiras, já que a aliada Aliança de Democratas Livres (SZDSZ) conseguiu 20 cadeiras, segundo os dados do Escritório Nacional de Eleições. O partido opositor Fidesz, do ex-chefe de governo Viktor Orban, principal rival de Gyurcsány, obteve 164 cadeiras, seguido pelo Fórum Democrático (MDF), com 11, e por um candidato independente que obteve uma cadeira. Representação Em relação às eleições anteriores, os socialistas aumentaram sua representação parlamentar em 12 cadeiras, os liberais mantiveram o mesmo número, o Fidesz perdeu quatro e o MDF ganhou duas. Segundo um porta-voz do Escritório Nacional de Eleições, "os resultados finais da apuração só serão divulgados na segunda-feira", devido à repetição da contagem dos votos por diferentes motivos em várias zonas eleitorais.

Agencia Estado,

24 Abril 2006 | 00h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.