Soldado afegão mata 2 militares franceses da Otan

Um soldado do Exército afegão matou a tiros nesta quinta-feira dois militares franceses da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), no que o governo da França chamou que último ataque de integrantes das forças de segurança afegãs contra seus parceiros de coalizão.

AE, Agência Estado

29 de dezembro de 2011 | 12h26

Comunicado do escritório do presidente francês Nicolas Sarkozy diz que um soldado do Exército Nacional Afegão abriu fogo contra os dois militares, que serviam no 2º Regimento da Legião Estrangeira.

Este ano tem sido o pior para as forças francesas no Afeganistão desde que a operação internacional teve início em 2001. As mortes desta quinta-feira elevam para 26 o número de franceses mortos neste ano e para 78 o número de vítimas fatais nos 10 anos de conflito.

Por e-mail, o porta-voz do Taleban Zabiullah Mujahid assumiu a responsabilidade pelo ataque, identificando o responsável como Mohammed Ibrahim. Segundo ele, a ação foi realizada na base de Shamshad, localizada a leste da província de Kapisa, cerca de 60 quilômetros a nordeste de Cabul.

Mujahid acrescentou que o atirador foi morto a tiros por outros militares. Em Paris, o porta-voz militar coronel Thierry Burkhard disse que o soldado afegão abriu fogo contra os dois militares franceses. Forças francesas revidaram e mataram o atacante. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãosoldadosOtan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.