Soldado americano é morto no Iraque

Um soldado americano foi morto no oeste do Iraque e pelo menos oito civis iraquianos morreram em novos atentados cometidos nesta quinta-feira em Bagdá, informaram fontes policiais e o Exército dos EUA. Segundo fontes policiais, seis iraquianos morreram, entre eles uma criança, e outros sete ficaram feridos na explosão de uma bomba em uma estrada do bairro de Al-Amiriya, no oeste da capital. Em um segundo ataque, um grupo de pistoleiros assassinou dois civis que trabalhavam para uma ONG iraquiana no interior da chamada "zona verde", também na região oeste de Bagdá. Nessa área, protegida pelas tropas americanas, estão as embaixadas dos Estados Unidos e do Reino Unido, assim como as instalações do governo interino iraquiano. Por sua vez, o comando militar americano comunicou hoje a morte de um soldado do país em "operações de combate" na província sunita de Al Anbar, importante reduto da insurgência.

Agencia Estado,

09 Março 2006 | 06h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.