AFP PHOTO / YONHAP
AFP PHOTO / YONHAP

Soldado baleado ao desertar da Coreia do Norte deixa a terapia intensiva

Homem identificado como Oh recebeu cinco ou seis disparos dos seus companheiros ao cruzar a fronteira

O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2017 | 09h54

SEUL - O soldado da Coreia do Norte que conseguiu fugir ao vizinho do Sul após ser atingido por disparos do exército norte-coreano deixou nesta sexta-feira a unidade de terapia intensiva e foi transferido para um quarto devido à melhora do seu estado, informou o hospital.

+ Coreia do Norte trocou guardas de fronteira após deserção de soldado, diz Seul

+ Coreia do Norte violou armistício para perseguir fugitivo que ia para o Sul

Essa mudança aconteceu antes do previsto já que o desertor, de 24 anos, se encontra em situação estável e sem febre após readquirir a consciência depois de ser operado duas vezes, detalhou o Hospital Universitário Ajou, ao sul de Seul.

O soldado, de sobrenome Oh, recebeu cinco ou seis disparos dos seus companheiros do exército norte-coreano quando no último dia 13 de novembro cruzou a zona fronteiriça conhecida como Área de Segurança Conjunta (JSA) e foi resgatado por membros das tropas sul-coreanas. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.