Soldado britânico é acusado de vazar segredos para o Irã

Um soldado britânico compareceu a um tribunal para responder a acusações de divulgar segredos, disseram jornais nesta quinta-feira. O Times afirmou que as acusações estão ligadas a informações sobre o Afeganistão repassadas ao Irã. O Daily Telegraph disse que Daniel James comunicou-se com uma "potência estrangeira", que seria o Irã. O jornal não deu a fonte de sua informação, mas disse que soube que o militar trabalhou como intérprete para o comandante da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão, o general britânico David Richards. De acordo com o Daily Telegraph, James seria descendente de iranianos e falaria pashto, a principal língua do Afeganistão, fluentemente. A promotoria não estava imediatamente disponível para comentar a notícia e o Ministério da Defesa não pôde falar, segundo um porta-voz. James, 44, foi a um tribunal na quarta-feira, disseram os jornais, acrescentando que jornalistas não puderam acompanhar a maior parte da sessão devido à natureza das alegações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.