Soldado da coalizão é morto em combate no Afeganistão

Insurgentes mataram um soldado da coalizão liderada pelos Estados Unidos no leste do Afeganistão e realizaram um ataque suicida com carro-bomba contra um comboio militar, mas acabaram ferindo duas crianças.Cinco trabalhadores humanitários afegãos que foram seqüestrados há quatro dias no leste do Afeganistão foram libertados nesta segunda-feira. A polícia não deu detalhes sobre os seqüestradores, que libertaram os reféns no domingo após a intervenção de líderes tribais. Três dos reféns trabalham para uma ONG sueca.O soldado da coalizão foi mortalmente ferido no domingo durante combates na província de Kunar, informaram os militares, sem entretanto precisar a nacionalidade do soldado.O atacante suicida detonou explosivos em um Toyota Corolla perto de um comboio da coalizão na frente da base aérea de Bagram, a principal instalação militar americana no Afeganistão.Dois garotos afegãos que passavam pelo local numa bicicleta ficaram feridos. Eles foram levados para o hospital militar de Bagram e estavam em condições estáveis. Nenhum militar dos EUA foi ferido.O Afeganistão vive a mais mortífera escalada de violência desde a invasão americana de 2001 que derrubou do poder a milícia islâmica Taleban. Forças americanas lançaram uma grande ofensiva no sul do Afeganistão a fim de conter o crescimento da insurgência, e afirmam já ter matado cerca de 250 militantes nas últimas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.