Soldado da Otan é morto por homem com uniforme afegão

Um homem vestido com o uniforme do Exército do Afeganistão abriu fogo contra militares estrangeiros e afegãos no sul do país, matando um soldado britânico e ferindo vários outros. Trata-se de mais um ataque aparentemente realizado por um membro do Exército nacional contra aliados de outros países, disse o comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) nesta terça-feira. O Taleban assumiu a responsabilidade pelo ataque, o primeiro realizado por membros internos às tropas em 2013.

AE, Agência Estado

08 de janeiro de 2013 | 12h42

Mais de 60 soldados aliados foram mortos em 2012 em cerca de 45 ataques internos que abalaram as relações entre a Otan e o Afeganistão, já que militares liderados pelos Estados Unidos treinavam militares e policiais locais para combater os rebeldes do Taleban.

"Um indivíduo vestido com o uniforme do Exército Nacional Afegão se voltou contra os membros da Força Internacional de Assistência à Segurança ontem, matando uma pessoa", disse a Otan em comunicado. Uma porta-voz acrescentou que o agressor foi morto, mas não deu mais detalhes. O nome do soldado afegão não foi divulgado. As informações são Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.