Soldado dos EUA desaparece no Iraque

O Departamento de Defesa americano informou na segunda-feira que um soldado dos Estados Unidos, cuja identidade não foi divulgada, desapareceu no Iraque. O Pentágono afirmou em seu site desconhecer o paradeiro do militar, que serve na Divisão Multinacional, em Bagdá. Segundo a rede de televisão americana CNN, o soldado pode ter sido seqüestrado. Fontes oficiais na capital iraquiana confirmam essa suspeita e informam que o soldado desaparecido, provavelmente de origem iraquiana, seria tradutor. Depois de isolar o setor de Karadah, na capital iraquiana, as forças americanas iniciaram busca casa por casa. A CNN informou ainda que os militares revistaram o escritório central da rede de televisão Al-Furat, onde desarmaram 40 guardas. O correspondente da rede americana no Iraque, John Roberts, informou que o desaparecimento do soldado foi anunciado às 11h30 (hora de Brasília) de segunda-feira, mais de duas horas depois de iniciada a busca. Neste mês, 87 militares americanos foram mortos no Iraque. É o número mais alto neste ano. O total de morto s desde o início da intervenção militar americana, em março de 2003, chega a 2.791, segundo os últimos números do Departamento de Defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.