Soldado dos EUA é morto em combate a noroeste de Bagdá

Um soldado dos EUA morreu nesta terça-feira em uma explosão ocorrida quando seu comboio se chocou contra uma bobma colocada à beira de uma via em Hamariyah, a 25 km a noroeste de Bagdá, anunciou o comando militar.Dois outros soldados ficaram feridos naexplosão, informou o porta-voz do comando americano, major Mike Escudie.O incidente leva o número de mortos desde 1º de maio, quando o presidente George W. Bush anunciou o fim dos principais combates, para um a mais do que o número de soldados que morreram durante os pesados combates anteriores.Desde que a guerra começou em 20 de março, houve 277 baixas de militares americanos. Desde 1º de maio, 66 soldados morreram em combates. Na noite de ontem em Bagdá, também um soldado americano sucumbiu devido a ferimentos provocados por disparos "não hostis", informou hoje o Exército americano, que disse ter iniciado uma investigação a respeito do caso do militar da 130ª Brigada de Sapadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.