Soldado eletrocutado ao salvar mulher receberá transplante de face

Mitch Hunter teve todo o rosto destruído ao puxar fio de alta tensão de amiga após acidente de carro em 2001.

BBC Brasil, BBC

18 de fevereiro de 2011 | 07h09

Mitch Hunter antes do acidente de carro que o desfigurou

Um soldado americano que teve o rosto destruído por um choque elétrico de 10 mil volts será a terceira pessoa a receber um transplante de face nos Estados Unidos.

Mitch Hunter, de 30 anos, estava em um carro que bateu em um poste elétrico em 2001. Desde então já fez mais de 40 operações no rosto.

Em julho de 2010, Hunter iniciou uma campanha pelo Facebook para ser selecionado pela equipe do Brigham and Women's Hospital, em Boston, um dos dois únicos centros de saúde autorizados a fazer a operação nos Estados Unidos.

Agora, recebeu a notícia de que poderia se submeter à operação e aguarda um doador.

Segundo Hunter, um dos especialistas do hospital lhe disse que eles garantiam que ele ficaria "80% parecido com o que era antes", mas que tentariam deixá-lo "100% parecido".

"Eu concordei de imediato", disse o soldado ao jornal The Indianapolis Star.

Acidente

Hunter recebeu uma forte descarga elétrica quando tentou separar sua amiga, que dirigia o carro, de fios de alta tensão.

A mulher sofreu queimaduras de terceiro grau no pé. O soldado ficou em contato com os fios por cinco minutos.

O choque elétrico destruiu seu rosto, fez com que ele perdesse parte de sua perna esquerda e dois dedos de uma das mãos, e deixou várias queimaduras em seu corpo.

Desde então, ele usa próteses no nariz e no queixo, e diz passar a maior parte do tempo dentro de casa com seu filho de um ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.