Soldado francês rende-se depois de ameaçar explodir paiol

Um soldado francês que se trancou dentro de um paiol e ameaçou explodi-lo entregou-se às autoridades locais nesta segunda-feira, informou o Ministério de Interior da França, encerrando pacificamente um drama de três dias que levou à retirada de centenas de moradores da região. De acordo com autoridades francesas, Regis le Tohic, oficial de justiça militar e especialista em explosivos de 46 anos, foi detido logo depois de render-se. O impasse começou na sexta-feira, quando Tohic, enfurecido por ter de aposentar-se sumariamente da carreira militar, tomou o controle do depósito de armas onde trabalhava em Fere-Champenoise, uma cidade situada cem quilômetros ao leste de Paris. Numa carta encontrada em frente ao local e endereçada ao Ministério da Defesa, Tohic ameaçava explodir o paiol, que continha aproximadamente 62 toneladas de minas antitanque, disseram autoridades locais. De acordo com a lei francesa, oficiais de justiça militar são obrigados a se aposentar aos 47 anos, idade que ele completaria no próximo dia 17. Recentemente, Tohic não conseguiu obter uma promoção que poderia ter prolongado sua carreira militar, e exigia que o Exército reconsiderasse seu caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.