Soldado indiano mata 5 em base militar e se suicida

Um soldado indiano abriu fogo indiscriminadamente contra seus colegas em um acampamento militar na Caxemira, matou cinco pessoas e logo em seguida se suicidou. O porta-voz do Exército Nitin Nahar Joshi disse que o incidente ocorreu na noite de quarta-feira, na região de Ganderbal. Ele não forneceu nenhuma razão para o ataque.

AE, Agência Estado

27 Fevereiro 2014 | 01h05

Os soldados indianos da Caxemira costumam trabalhar sob estresse por causa de ataques de militantes na região dominada por insurgentes, ao mesmo tempo em que têm que lidar com difíceis condições climáticas em um terreno montanhoso. Os soldados podem ficar distantes de suas famílias por anos.

Os grupos rebeldes lutam desde 1989 pela independência da Caxemira ou pela união com o Paquistão. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Índiaataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.