Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
REUTERS/Mohammed Salem
REUTERS/Mohammed Salem

Soldado israelense mata adolescente palestino em Gaza

Militares dispararam contra um grupo de jovens que jogava pedras e não obedeceu ordem para não se aproximar de cerca na fronteira com Israel

O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2015 | 18h22

GAZA - Soldados israelenses mataram um adolescente palestino a tiros perto da cerca da fronteira ao norte da Faixa de Gaza, nesta sexta-feira, 31, disseram autoridades médicas palestinas. Funcionários de um hospital de Gaza identificaram o adolescente como Mohammed al-Masri, de 17 anos.

A porta-voz do Exército de Israel declarou que vários suspeitos se aproximaram da cerca em dois pontos diferentes e não obedeceram quando os soldados os mandaram parar. Ela disse que um grupo atirou pedras na cerca de segurança e os soldados dispararam tiros de alerta para o ar antes de alvejar as “extremidades inferiores dos suspeitos”.

Israel mantém uma zona proibida de 300 metros no lado da fronteira de Gaza. A divisa tem estado tranquila desde a guerra de 2014 entre Israel e grupos militantes palestinos, na qual mais de 2.100 palestinos e 73 israelenses morreram.

Em um incidente separado na Cisjordânia, sob ocupação do Estado judeu, um bebê palestino de 18 meses morreu em um incêndio ateado a uma casa por supostos agressores judeus. / REUTERS 

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelFaixa de GazaPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.