Soldado que matou 16 civis passa por exame

O soldado americano Robert Bales, acusado de matar 16 civis no Afeganistão, será examinado para que se determine seu estado mental no momento dos ataques e sua capacidade de ser julgado. Os promotores pedem a pena de morte. Bales teria agido sozinho em dois ataques a áreas residenciais em Kandahar, em março, no que se tornou o pior caso de morte de civis atribuído a um soldado americano desde o Vietnã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.