Soldados acusados por morte de crianças em Faluja

Tropas dos EUA atacaram um suposto esconderijo de militantes ligados à Al-Qaeda na cidade de Faluja, informam militares americanos. Hospitais informam que pelo menos quatro iraquianos forma mortos e oito, feridos. Além disso, testemunhas dizem que forças americanas abriram fogo contra um carro que passava pela cidade, transportando mulheres e crianças. O motorista foi atingido na cabeça e perdeu o controle do veículo, que caiu num canal. Os americanos garantem que fizeram apenas disparos de advertência. Mais tarde, um homem deu entrada no Hospital Geral de Faluja com um ferimento de bala na cabeça, bem como os corpos de duas mulheres e de cinco crianças.O tenente Lyle Gilbert, porta-voz dos Fuzileiros Navais, disse que o veículo saiu da estrada após serem feitos os disparos de advertência, caiu no canal e afundou. Segundo Gilbert, o motorista, que se acreditava ser o único ocupante do veículo, saiu do carro e recebeu atendimento médico no local.No entanto, funcionários do hospital e testemunhas de Faluja dizem que os corpos de duas mulheres e cinco crianças foram retirados do carro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.