Soldados americanos sofrem intoxicação alimentar no Kuwait

Cerca de 250 militares americanos foram tratados de intoxicação alimentar depois de terem comido num campo no sul da Cidade do Kuwait, disse hoje um porta-voz do Exército dos EUA. Os soldados, marinheiros e fuzileiros navais foram tratados com sintomas de intoxicação na instalação de Oraifijan e "receberam alta para trabalhar em 24 horas", afirmou o sargento David Dismukes. "Não sabemos ainda o que houve", disse Dismukes, negando-se a dizer se havia suspeita de terrorismo. Ele afirmou que estão sendo realizados testes laboratoriais.

Agencia Estado,

11 Dezembro 2002 | 14h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.