Soldados britânicos acusados de matar jovem iraquiano são absolvidos

Três soldados britânicos acusados de matar um adolescente iraquiano foram absolvidos nesta terça-feira por um tribunal militar. Os soldados foram denunciados pela morte de um jovem que morreu afogado em maio de 2003, depois de ter sido jogado em um canal pelos três militares.Um tribunal militar de Essex, no sul da Inglaterra, inocentou o sargento dos Guardas Escoceses Carle Selman, de 39 anos, e os integrantes dos Guardas Irlandeses Martin McGing, de 22, e Joseph McCleary, de 24.O incidente que originou o processo aconteceu em 8 de maio de 2003, na cidade iraquiana de Basra, onde está posicionada a maioria dos cerca de 8 mil militares britânicos que estão no Iraque.O adolescente iraquiano, Ahmed Karim, fazia parte de um grupo de quatro ladrões que supostamente foram jogados no canal pelos militares para que "aprendessem uma lição". Karim não sabia nadar.Os três militares, que sempre negaram seu envolvimento na morte do menor, foram declarados inocentes pelo tribunal depois de quase cinco horas de deliberações.Em maio passado, outro tribunal absolveu da mesma acusação o soldado James Cook, de 22 anos e membro do regimento irlandês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.