Soldados de Israel abandonam acampamento de Rafah

Os soldados e os tanques israelenses começaram a se retirar do acampamento de refugiados palestinos de Rafah, na Faixa de Gaza, no amanhecer desta sexta-feira. A ação de Israel, com o objetivo de destruir túneis de contrabando de arma vindas do Egito, durou três dias e deixou 39 mortos. Os palestinos disseram que a maioria dos tanques israelenses já partiu da vizinhança de Tel Sultan e outros se retiravam do distrito Brasil, próximo à fronteira entre Gaza e o Egito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.