Soldados de Israel disparam contra manifestantes palestinos

Protestos em várias partes lembram a nakba, ou catástrofe, como os palestinos se referem à independência de Israel em 1948.

BBC Brasil, BBC

15 de maio de 2011 | 08h42

Soldados israelenses abriram fogo neste domingo contra grupos de manifestantes palestinos em postos fronteiriços com a Faixa de Gaza e com a Síria, segundo relatos de testemunhas.

O Exército de Israel disse ter atirado para o alto como advertência contra um grupo de manifestantes que tentavam cruzar a fronteira com a Síria nas Colinas do Golã.

Mas segundo alguns relatos, pelo menos dez pessoas teriam ficado feridas. Há relatos de que quatro manifestantes teriam sido mortos.

As forças de segurança de Israel também dispararam contra um grupo de palestinos que se aproximavam de um posto de controle de fronteira na Faixa de Gaza, deixando 15 feridos, segundo os primeiros relatos.

Grandes protestos estão sendo realizados neste domingo para marcar a Nakba, ou catástrofe, como os palestinos se referem à perda de suas casas após a Independência de Israel, em 1948.

Nas Colinas do Golã, na fronteira com a Síria, também houve disparos de tiros contra manifestantes, segundo testemunhas.

As forças de segurança israelenses também entraram em confronto com palestinos na cidade de Ramallah, na Cijsordânia.

Segundo autoridades médicas palestinas, os 15 feridos em Gaza, um deles em estado grave, eram todos menores de idade.

Eles teriam sido feridospor tiros de metralhadoras e por um tanque.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.