Soldados dos EUA atiram em carro de diplomata italiano

Soldados americanos no norte do Iraque abriram fogo contra o carro em que ia um diplomata italiano e acidentalmente mataram seu intérprete iraquiano. O diplomata italiano Pietro Cordone, o mais alto funcionário da Itália no Iraque, é responsável pelas buscas de relíquias saqueadas depois da invasão anglo-americana no país. O incidente ocorreu na noite de quinta-feira. Cordone, que viajava no banco de trás, sofreu um ferimento no braço. Ele contou que seu intérprete iraquiano levou um tiro no coração aparentemente porque ele não teria entendido o sinal do soldado americano para dar marcha a ré numa estrada entre Mossul e Tikrit. O exército americano não ofereceu maiores detalhes sobre o episódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.