Soldados dos EUA deixam base militar no Iêmen

Soldados norte-americanos, incluindo agentes das Forças Especiais, deixaram uma base militar no Iêmen após a Al-Qaeda tomar o controle de uma cidade próxima, segundo fontes militares do país.

AE, Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 13h29

As fontes disseram que os soldados estão se retirando da base aérea de Al Anad que fica próxima da cidade de al-Houta. Não foi dito se os norte-americanos deixaram o país.

Oficialmente, há cerca de 100 soldados norte-americanos e agentes das Forças Especiais no local. Autoridades dos EUA se recusaram a comentar imediatamente neste sábado.

Um braço local da Al-Qaeda é considerado por Washington como o mais perigoso do grupo. Os EUA têm feito uma série de ataques de drones no Iêmen contra supostos militantes. A Al-Qaeda tomou a cidade de al-Houta na sexta-feira. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Iêmen eua violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.