Soldados dos EUA em novo tiroteio no Kuwait

No segundo incidente envolvendo tropas norte-americanas no Kuwait em dois dias, um soldado dos Estados Unidos disparou contra um veículo civil não identificado depois de uma pessoa no interior do carro supostamente ter apontado uma arma contra ele. Autoridades norte-americanas no Kuwait não especificam se o soldado pertencia ao Exército ou aos fuzileiros navais nem mencionam a existência de vítimas.Um soldado abriu fogo por "sentir-se ameaçado" quando viajava com um veículo por uma rodovia, a oeste da Cidade de Kuwait, para um campo de treinamento próximo à fronteira com o Iraque. Informes iniciais davam conta que o veículo militar norte-americano teria sido ultrapassado por um carro civil e uma pessoa dentro deste teria apontado uma arma para os soldados dos EUA.Um dos norte-americanos abriu fogo e os soldados disseram ter visto o veículo civil sair da estrada. Não se sabe se alguém ficou ferido. Os norte-americanos não pararam o carro para "investigar ", disseram as fontes. O incidente desta quarta-feira ocorreu na porção continental do Kuwait.Ontem, dois homens armados numa caminhonete abriram fogo contra fuzileiros navais envolvidos num treinamento em Failaka, uma ilha semi-deserta a 16 quilômetros da costa kuwaitiana. Os agressores dirigiram-se em seguida para uma segunda localidade e voltaram a atacar antes de serem mortos pelos norte-americanos. O Ministério de Interior do Kuwait identificou os dois como kuwaitianos e informou que eles cometeram um "ato terrorista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.