Soldados franceses deixarão Afeganistão

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, afirmou ontem que, embora os soldados da França voltem a treinar a partir de hoje tropas afegãs, Paris retirará a maior parte de suas forças do país até o fim do ano que vem. A retirada dos franceses, que somam atualmente 3,6 mil soldados no país, vai ocorrer um ano antes do prazo estabelecido pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.