Soldados franceses enfrentam rebeldes na Costa do Marfim

Soldados franceses e forças rebeldes entraram em choque nesta segunda-feira na conturbada região oeste da Costa do Marfim, informou um porta-voz do Exército da França. Segundo ele, os rebeldes dispararam morteiros contra posições ocupadas por tropas de elite da antiga potência colonial. "Fomos atacados por rebeldes às margens de duas estradas", disse o major Frederic Thomazo. "Ainda não temos detalhes sobre a existência de vítimas."Os ataques ocorrem apenas dois dias depois de a ministra francesa das Relações Exteriores, Dominique de Villepin, ter visitado a Costa do Marfim e obtido promessas do governo local e do principal movimento rebelde de que respeitariam um já violado cessar-fogo e participariam de negociações de paz em Paris, em 15 de janeiro. No entanto, duas outras facções rebeldes não aderiram à trégua. Essas duas facções operam no oeste do país, onde ocorreram os choques hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.