Mohammed Saber/Efe
Mohammed Saber/Efe

Soldados israelenses ferem cinco palestinos e prendem nove em Gaza

Porta-voz do Ministério de Interior de Gaza qualificou o episódio como 'uma nova violação do cessar-fogo'

AE, Agência Estado

28 de novembro de 2012 | 15h53

GAZA - Cinco palestinos ficaram feridos depois de soldados israelenses terem aberto fogo ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza nesta quarta-feira, 28, informaram médicos que trataram os feridos. Ao mesmo tempo, nove pescadores palestinos foram presos no litoral de Gaza.

De acordo com os médicos, quatro dos cinco feridos foram baleados em uma área ao leste do campo de refugiados de El-Bureij, na região central de Gaza. O quinto palestino ferido estava perto do entroncamento de Erez, no norte do território.

O exército israelense informou ter respondido a diversas tentativas de violação da barreira mantida na fronteira de Gaza, mas não informou sobre possíveis vítimas.

Com relação à prisão dos nove pescadores, Islam Shahwan, porta-voz do Ministério de Interior de Gaza, qualificou o episódio como "uma nova violação do cessar-fogo" estabelecido na semana passada para encerrar uma ofensiva militar de oito dias de duração que terminou com quase 180 pessoas mortas, sendo 173 palestinos e seis israelenses.

"O inimigo sionista prendeu nove cidadãos e afundou diversos barcos na costa norte da Faixa de Gaza", disse Shahwan, filiado ao grupo islâmico Hamas.

Um porta-voz do exército israelense informou que um barco de pesca foi interceptado depois de desviar-se de sua rota normal e sair da área onde deveria navegar.

As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
Paz inatingívelFaixa de GazaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.